quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Perguntas e respstas sobre tatuagem.

Como escolho um bom estúdio pra fazer minha tattoo?

Na hora de fazer sua tattoo, principalmente se for a primeira, você deve, antes de mais nada, buscar referências entre seus amigos para saber aonde eles fizeram, depois de receber uma indicação, procure saber se esse estúdio ou tatuador tem tradição de bons trabalhos, peça para ver fotos e compare com outras que você tenha gostado em revistas por exemplo, questione a respeito dos cuidados com os instrumentos, tatuadores que se ofendem ao ser questionados nesse ítem são suspeitos, o ideal é fazer em um estúdio com esterilização em AUTOCLAVE, converse com ele a respeito de suas necessidades, evite pedir sugestão de desenhos, o ideal é que você mesmo pesquise e escolha seus desenhos,a indicação de desenho por um tatuador ou amigo pode acabar não sendo o que você queria, evite fazer tatuagens em locais que cobram barato demais, nesse quisito, o barato pode sair muito caro, bons tatuadores são artistas e bons estúdios são bem equipados e tem custos elevados, por exemplo, um estúdio que esteriliza em estufa teve um custo médio nesse equipamento de R$200,00, ao passo que, o estúdio que esteriliza em AUTOCLAVE teve um custo médio de R$2.500,00 com esse equipamento. Em fim, preserve sua aparência e saúde, PROCURE UM BOM ESTÚDIO! Que tatuagem eu faço?

Para escolher um desenho, nada melhor do que ler e pesquisar muito. As revistas especializadas são um prato cheio para os que estão sem idéia. Os estúdios também possuem um grande arquivo de desenhos e fotos. É só chegar e soltar sua imaginação. Além disso, o próprio tatuador vai te ajudar a elaborar ou aperfeiçoar a tatuagem. Por isso, ir a um estúdio de sua confiança é essencial para o sucesso de seu desenho.

Fazer tatuagem dói?

Sim, dói. A dor se modifica de acordo com a pessoa. Uns sentem mais, outros menos. Alguns lugares do corpo doem mais (cotovelo, pé, tornozelo...). Onde têm bastantes terminações nervosas também (parte interna do braço, por exemplo). Se o fato de sentir dor te incomoda tanto, converse bastante com o profissional. Ele é a pessoa mais indicada para dar algumas dicas.

Tem uma idade mínima para fazer a tatuagem?

Em geral, você só pode fazer uma tatuagem quando completa 18 anos. Antes disso, somente com a autorização dos pais.

Posso pegar AIDs fazendo uma tatuagem?

"Existe o risco de transmissão, mas ele é muito baixo. A perfuração da pele é superficial e, hoje em dia, com todos os métodos de assepsia, essa possibilidade é quase nula. Por isso, você precisa conhecer muito bem o profissional que irá te tatuar. Entretanto, a transmissão do vírus da hepatite C é mais alta, o que pode acarretar uma hepatite crônica e cirrose. Existe tratamento, mas ainda não é totalmente eficaz", afirma Murilo Souza, médico residente do Hospital das Clínicas, em São Paulo.

Peles negras também podem ter uma tatuagem?

Claro que sim. Um bom tatuador leva em conta diversos aspectos. A cor da pele é um deles. Ele irá escolher um desenho e tonalidades de cor que combinam com você.

O sol é um inimigo da tatuagem?

Sim. Tanto antes como depois. Você não deve tomar muito sol antes de fazer sua tatuagem, pois sua pele pode descascar e ficar fraca. Depois de fazer, o legal é usar um bloqueador solar fator 30 pra cima no local. Uma tatuagem bem feita é difícil de desaparecer, mas você também precisa contribuir.

Quando é a melhor época para fazer uma tatuagem?

O inverno e outono seriam as opções, pois você ficará bem longe do que pode prejudicar o desenho (sol, água do mar, piscina...). Entretanto, você escolhe.

Uma tatuagem pode ser removida ou pode ser coberta por outra tatuagem?

Sim. A técnica com laser permite apagar ou enfraquecer o desenho da tatuagem. Alem disso, um novo desenho bem elaborado pode cobrir facilmente outra tatuagem antiga.

Fontes: Daniela Noyori/Redação Terra - Dr Shirlei Borelli, CVE - Anvisa - Dr Otávio Macedo. - Dezembro 2002

7 comentários:

micael tattoo studio disse...

Fazer tatuagem dói?

http://www.micaeltattoo.com.br/news_Vis.asp?id=42

Mauricio disse...

Estou querendo fazer uma tatoo hoje mais amanha a minha empresa começa com uma exposição, então estou com medo de fazer e dar alguma reação como febre, ou a tinta escorrer e manchar a roupa, preciso usar a bandagem mesmo ou só na hora?

Jessyka disse...

Estou querendo fazer uma tatoo hoje mais amanha a minha empresa começa com uma exposição, então estou com medo de fazer e dar alguma reação como febre, ou a tinta escorrer e manchar a roupa, preciso usar a bandagem mesmo ou só na hora?

alessandra disse...

ALESSANDRA...
TENHO VARIAS TATOOS 24 AO TODO E TEM ALGUMAS Q AS VESES COÇAM E CHEGAMA FICAR MAS ALTA E QUEIMA,OQUE PODE SER ISSO? Hj eu tenho 31 comecei a me tatuar aos 24 anos

Anônimo disse...

Vou fazer uma tatuagem no dia 10 e viajo pra praia no dia 17 teria problema se eu me cuidar direitinho sera q coro riscos de estragar minha tatuagem ?

Destro disse...

Saudações!

Sou obrigado a discordar um pouco, tendo em vista o fato de que sou profissional da tatuagem desde 1989 e posso afirmar com certeza:

Não existe diploma ou certificado que demonstre perícia do profissional, simplemente porque a tatuagem não é considerada profissão aqui no Brasil. Apenas, na abertura de empresas que aparecem códigos, como o CNAE da Receita Federal para cobrança de impostos.
Então qualquer diploma ou certificado não possui nenhuma validade legal.
A autoclave é apenas uma opção em termos de esterilização, e não é a mais perfeita. Esse mérito é da esterilização química, com glutaraldeído, considerada a melhor, mas muito tóxica. Pela lei a estufa odontológica (Forno de Pasteur) é totalemente adequada, com o único problema da demora para esterilizar o instrumental, se comparada a autoclave.
A esmagadora maioria das clinicas odontologicas utilizam estufa, mesmo sendo portadoras de um risco extremaqmente alto de infecções quando comparado a tattoo.
Acredito, seguindo a lógica que devemos partir do principio de que é absurdo fazer um procedimento permanente já pensando em remoção...é no mínimo contraditório.

As doenças infecto contagiosas, apesar de existir algum risco de contaminação em tatuagens não é tão assustadora como a imprensa em geral divulga. Infectoçogistas podem afirmar que pelo tipo de agulha (sem luz) e outros fatores como o ambiente das tintas fazem da tatuagem um procedimento de longe muito menos perigosos do que um tratamento odontológico.

Enfim, a tatuagem até hoje ainda sofre um enorme preconceito na sociedade brasileira, de uns anos para cá esse preconceito se escondeu atrás de pesquisas sem fundamento algum, como , por exemplo com relação à infecção de hepatite B, que recentemente (não só recentemente) foi publicada apontando a tatuagem como o grande vilão...... jamais se pode ter certeza da fonte de contaminação, não existem métodos eficientes para tanto, apenas entrevistas e exames físicos. Ora, se por exemplo o individuo é homosexual, e por medo do preconceito acaba por esconder sua preferencia sexual do médico e pesquisador, evidentemente que o mais provavel é que se conte a tão aparente tatuagem como o foco da infecção......apenas por mera suposição, afinal é o único ponto visivel que pode ter sido a causa do contágio. Isso é absurdo e preconceituoso... Mas os médicos em geral abominam as tatuagens........

Peço que os profissionais da mídia sejam no mínimo imparciais e que questionem melhor a fonte das informações, evitando assim uma real epidemia que pode começar (se é que não começou) em hospitais, clínicas odontológicas, etc.....esses sim locais de alto risco de contaminação.
Claro que também espero que os mesmos profissionais da mídia não temam as reações das autarquias do Brasil, como Conselhos de profissionais............

Anônimo disse...

Estava cheia de nervos no dia anterior, nem consegui dormir, estava mal disposta e até sentia vontade de vomitar, a caminho do estúdio tinha o coração na boca, tremia como varas verdes, deitei-me e fiz a tatuagem num sitio que dizem que doi horrores (nuca), mas...NÃO SENTI NADA! (meros arranhões de gato).

:)